terça-feira, janeiro 30, 2007

Um post contra Carmona Rodrigues



Por toda a idiotice que ele e o seu executivo têm feito à frente da Câmara Municipal de Lisboa e infelizmente também por isto.

2 comentários:

andreia baleia disse...

Não estou totalmente contra a câmara. O orçamento para a bienal é de 2,6 milhões de euros. Não tendo o apoio da câmara perdem 1/5. Não fica tudo perdido! Para além disso a câmara assegura apoio logistico - que é óptimo! Por fim, a bienal começaria em setembro, a noticia data de janeiro. Fechadas as contas do ano anterior só agora a câmara pode perceber que não é possível conceder o financiamento. Comunicaram logo no inicio do ano!
Não acho que tudo na politica autarquica seja feito de má fé ou desleixo. E digo eu, que nem vivo em lisboa!

João Manso disse...

A questão aqui é que Carmona Rodrigues não tem, nem nunca teve, "estaleca" para ser presidente da câmara municipal de Lisboa. Sempre foi um pau mandado enquanto vereador do Santana Lopes, com asneiras atrás de asneiras, e só ganhou as últimas legislativas por dois motivos: Primeiro porque fez toda a sua campanha eleitoral fazendo-se de vítima, tirando partido do inesperado regresso de Santana à presidência da CML depois de ter perdido as presidenciais, e concertando interesses e estratégias políticas com Marques Mendes. Segundo porque teve Manuel Maria Carrilho como adversário, que não foi certamente a melhor opção do PS. O não haver acordo para uma coligação de esquerda foi lhe prejudicial no arranque da campanha, que se foi agravando negativamente em termos de popularidade à custa de casos tão ridículos como aquele do aperto de mão.

O caso da experimenta design é triste só pelo simples facto de se anular compromissos assumidos. A má gestão provoca invariavelmente problemas de nível financeiro. Se reparamos a contenção orçamental atinge sempre a cultura porque é onde em termos eleitorais menos se nota. E é pena que a bienal não se realize este ano.

Tem tudo a ver com uma questão de prioridades. Os casos da Epul e da Bragaparques são só os mais mediáticos. Na minha modesta opinião a prioridade do senhor presidente Carmona Rodrigues devia demitir-se.